Afasias decorrentes de infecções do Sistema Nervoso Central

As doenças infecciosas do sistema nervoso podem resultar de ampla variedade de agentes. Estes incluem bactérias, rickettsias*, fungos, protozoários e vírus. São necessários o reconhecimento precoce da infecção e a identificação do foco para o tratamento eficaz.

O sistema nervoso e as meninges podem ser infectados pelos mesmos microorganismos que afetam outros órgãos do corpo. Infecções do sistema nervoso são classificadas de acordo com o principal local envolvido e com o tipo de organismo infeccioso. Infecções das meninges são chamadas de meningites, enquanto inflamações do encéfalo são classificadas como encefalites. Em alguns casos ambos os locais (meninges e encéfalo) podem ser infectados, condição chamada de meningoencefalite. Já as inflamações da medula espinhal são conhecidas como mielites. Além disso, podemos encontrar síndromes focais, que são os casos dos abcessos, empiema subdural e abcesso epidural.  Geralmente as infecções do SNC produz sinais de lesões difusas; e raramente há sinais de alterações focais.

Deve-se ter cuidado, pois algumas doenças não infecciosas simulam infecção do SNC (Sistema Nervoso Central) como as neoplasias, cistos, efeitos de medicamentos e doenças do tecido conjuntivo.

O diagnóstico pode ser feito pela punção lombar e análise do líquido cefalorraquidiano (LCR), trata-se de meios objetivos para identificar o agente etiológico. O tratamento médico vai depender da necessidade de cada caso, mas pode ser um dos procedimentos citados abaixo ou a conjugação de dois deste: antibioticoterapia, antifúngicos, antivirais, corticósteróides, exérese cirúrgica e drenagem de abcesso.

SNC

Sendo a afasia, a perda parcial ou total da capacidade de expressar ou compreender a linguagem; falada ou escrita, resultante de danos às áreas do cérebro que controlam a linguagem; compreende-se que as infecções do sistema nervoso podem gerar quadros afásicos (temporários ou permanentes).

A infecção mais comumente encontrada nos quadros afásicos é a encefalite por Herpes Simples. Entretanto, outros tipos de infecção ou inflamações nos lobos frontal e temporal podem trazer como consequências as alterações expressivas e compreensivas da linguagem.

O quadro afásico dependerá do grau, local e extensão das infecções, pode-se observar: dificuldade em compreender a linguagem e a escrita, dificuldade em encontrar as palavras ao falar e escrever palavras, a perda da capacidade de recordar ou dizer os nomes dos objetos (anomia), perda da capacidade de repetir palavras, frases ou orações.

  A afasia decorrente de infecções geralmente é evidente e atinge mais de uma habilidade linguística (pois a lesão é difusa), trata-se de um quadro não-progressivo e as habilidades linguísticas podem melhorar com o tratamento medicamentoso ou cirúrgico, mas após é necessária a avaliação fonoaudiológica para identificar as dificuldades remanescentes e elaborar o plano terapêutico fonoaudiológico de acordo com as habilidades linguísticas comprometidas.

* O termo “rickettsiae” se refere ao grupo de microrganismo da classe Proteobacteria, que compreende espécies do gênero Rickettsia Orientia Ehrlichia, Coxiella e Bartonella. As rockettsias são parasitas de artrópodes como piolhos, pulgas e carrapatos. No homem causam doenças como Tifo, Febre Maculosa e Febre Q.

Referências Bibliográficas:

1 -J. Penha-casanova; M. Perez Pamies. Reabilitação das afasias e transtornos associados. Manole Editora, 2005.

2 – Damiani D, Laudanna N, Barril C e col. Encefalopatias: etiologia, fisiopatologia e manuseio clínico de algumas das principais formas de apresentação da doença. Rev Bras Clin Med. São Paulo, 2013 jan-mar;11(1):67-74

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *